“Temer vagava sozinho pela embaixada”: como Michel levou à Rússia o desprestígio do Brasil

A melhor cobertura da viagem de Michel Temer à Rússia foi feita pelo jornalista
Sandro Fernandes no Twitter
.
Aliás, não sei se “melhor” é a palavra. Fiquemos com a cobertura mais honesta.
Oficialmente, Temer teve encontros para assinar acordos bilaterais, foi ao balé
com Vladimir Putin, deu declarações sobre a nossa “recuperação financeira”,
propôs estreitamento de laços.
Tudo para vender carne do Joesley.
Houve até uma conversa sobre “cooperação anticorrupção”, algo que “deve ter
como objetivo a obtenção de resultados concretos”, seja lá o que isso
signifique.
Ao longo dos últimos dias, em sua timeline, Sandro retratou a realidade longe
dos salões: um governante isolado, um pateta errante, carregando para o
exterior o desprezo e a ilegitimidade de casa.
A turnê de Michel Temer é um passeio ao acaso. Ponto alto foi um pedido do
primeiro ministro Medvedev para o Brasil apoiar a candidatura de São
Petersburgo a sede da Expo 25.
Temer apenas levou para passear em Moscou seu nanismo moral. 
Eis suas aventuras na Rússia, numa seleção de postagens de Sandro Fernandes:

. Temer foi recebido no aeroporto por um vice-ministro, cargo de segundo
escalão aqui na Rússia.

. Durante cerimônia protocolar em que Temer colocou flores no Túmulo do Soldado
Desconhecido, alguém gritou “Fora Temer”, do lado de fora do jardim.
. O “Fora Temer” durante a cerimônia em Moscou deve ter vindo de
algum turista brasileiro que passava pelo local.
. Ontem, a Embaixada do Brasil em Moscou organizou um coquetel para Temer.
Apenas metade das pessoas convidadas compareceu.
. ”Nunca vi um presidente tão desprestigiado”, ouvi de um pessoa que estava no
coquetel de Temer.
. Durante o coquetel na Embaixada do Brasil em Moscou, Temer vagava sozinho
pela embaixada, tentando se aproximar das rodinhas.
. Nesse tipo de evento, falar com o presidente requer muita paciência. Ontem,
Temer era quem tentava puxar assunto com as pessoas.
. Conversei com pessoas que estiveram em eventos parecidos com FHC, Lula e
Dilma. Ninguém nunca viu o constrangimento e desprestígio que viram com Temer.
. Essas histórias do desprestígio do Temer estão me dando pena, gente. Pena de
mim. E de nós.

Deixe uma resposta