ATITUDE DE ZÉ REINALDO MOSTRA QUE PACIÊNCIA TEM LIMITE

 

“NÃO
ME RESTOU OUTRA SAÍDA A NÃO SER DEIXAR O GRUPO DE FLÁVIO DINO”, DIZ JOSÉ
REINALDO
O deputado federal e ex-governador José Reinaldo
Tavares (sem partido) declarou na manhã deste sábado (24) que rompeu com o
grupo do governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB).O rompimento é apenas político e se refere às eleições
deste ano devido a vários sinais dados pelo Palácio dos Leões de que ele não
seria a sua segunda opção para o Senado uma vez que Dino já escolheu Weverton
Rocha (PDT) como primeiro candidato.

José Reinaldo também disse que a
sua filiação no DEM ficou prejudicada. Ele estaria com medo de que
inviabilizassem sua adesão a legenda. Mas de qualquer forma, o deputado
assegura que será candidato a senador no pleito de outubro próximo.

Tavares foi categórico e diz que não aceita plano B,
ou seja, cargo de vice, reeleição como deputado federal ou estadual ou mesmo
uma promessa de ser presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão no
possível segundo mandato de Flávio Dino.

“Já fiz o que deveria fazer. Contribui com Flávio para
chegar onde chegou, contribui com o grupo, sou um homem de grupo mas agora é a
minha vez”, afirmou o deputado.

Para finalizar, José Reinaldo Tavares disse que o
governador não deveria nem questionar sua vontade e que independente de grupo
seguirá adiante no seu projeto de ocupar uma vaga no Senado Federal.

Deixe uma resposta