INDICAÇÃO DE VANDERLAN MENDES PREVER PAGAMENTO DE ABONO SALARIAL PARA PROFESSORES DE BACABEIRA

Vereador explicou que, “o recurso que não for gasto dentro do percentual mínimo exigido pela Lei, deve ser obrigatoriamente rateado com os educadores”.

O plenário da Câmara de Bacabeira aprovou requerimento do Vereador Vanderlan Mendes (PSB) para que seja concedido aos profissionais da educação básica do município de Bacabeira, o pagamento de ABONO SALARIAL, por meio de rateio das sobras do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB).

Na tribuna da Casa, o parlamentar disse que, “a medida é uma maneira de reconhecer e valorizar o trabalho dos profissionais do magistério, que incansavelmente trabalham para a formação de cidadãos, inclusive durante a pandemia”.

Vanderlan justificou a matéria explicando que, a Lei nº 14.113, de 25 de dezembro de 2020, Lei do Novo FUNDEB, alterou a destinação dos recursos recebidos e agora estabelece que 70% destes recursos devem ser investidos, exclusivamente, na valorização dos profissionais da educação básica.

O parlamentar fez um discurso enaltecendo os professores de Bacabeira e direcionado a prefeita, Fernanda Gonçalo. “Gostaria de pedir a prefeita Fernanda Gonçalo que se sensibilize com está categoria e autorize o rateamento das sobras do FUNDEB com os professores, a exemplo do que estão fazendo inúmeros municípios”, solicitou.

Ao fim do discurso, Vanderlan Lembrou que, “o recurso que não for gasto dentro do percentual mínimo exigido pela Lei, deve ser obrigatoriamente rateado com os educadores”, finalizou.

Deixe uma resposta