NEGLIGÊNCIA DA EDECONSIL DEIXA POPULAÇÃO DE BACABEIRA SEM ÁGUA

Rede de abastecimento de água foi atingida por escavações no Centro da Cidade e deixou moradores sem água por quase 24h.

Apesar de ser comuns transtornos em uma obra do porte da duplicação da BR – 135, não se pode admitir que ao atingir um cano de rede de abastecimento de água, a Edeconsil – empresa responsável pela duplicação do trecho Bacabeira/Santa Rita – simplesmente feche os registros e deixe a população sem água e sequer comunicar o governo local.

Embora a obra seja importante para o município e sua população, ser complacente com a negligência da empresa pode custar transtornos ainda maiores, a exemplo do aconteceu com a construção do viaduto que já produziu varias tragédias para população, além de ter modificado negativamente aparência do Centro da Cidade.

Desapropriação

Vale lembrar, que as indenizações pagas pelo DNIT aos moradores da área desapropriada para duplicação da BR – 135, em Peri de Baixo, só foram viabilizadas após a comunidade se organizar, inclusive com a criação de uma associação e impedir que as residências fossem demolidas sem o pagamento dos imóveis à época.

Área desapropriada para duplicação da BR – 135, em Peri de Baixo

Vigilância

Poder publico e sociedade civil devem estar vigilantes quanto ao bônus e ao ônus que causam os empreendimentos instalados na cidade para não traumatizar ainda mais a população que num passado bem recente se entusiasmou com “obras redentoras” como o polo de confecções de Rosário e Refinaria Premim I.

Antigo Polo de Confecções de Rosário e Refinaria Premium I

Deixe uma resposta